Notícias da Câmara e da Cidade

por Programa Interlegis — última modificação 05/08/2017 22h28
Banco de notícias desta Casa Legislativa.

Ilhas formadas pelas águas da UHT.

por Programa Interlegis — última modificação 23/05/2016 12h02
Ilhas formadas pelas águas da UHT.

ilha - no lago da UHT

O imenso Lago Artificial formado ao se barrar o rio Tocantins e encher 2.875 km2, criou um novo ecossistema na região, um imenso lago artificial, composto de 1.700 ilhas, sendo toda esta área, até 200 metros em seu entorno, pertencente à Eletronorte, ou seja, ao Governo Federal.

Hoje são necessários 35 dias para que toda a água do lago da Usina Hidrelétrica Tucuruí – um total de 45,8 bilhões de m3 – seja renovada. Assim, houve condições propícias e ideais para a proliferação de muitas espécies, entre as quais se destacam os pirarucus, traíras, manjubas, maparás, filhotes, douradas, surubins, arraias e até poraquês – o peixe elétrico da Amazônia. No entanto, o Tucunaré, um dos peixes esportivos mais cobiçados de todo mundo, encontrou excelente ambiente para se reproduzir em toda a extensa área do Lago.

Além da enorme área represada pela Usina Hidrelétrica, o rio Tocantins que fica a jusante da UHE é considerada uma excelente área de pesca, pois ali os peixes que sobem o rio para desovar encontram uma barreira, a represa. Existem ainda, pequenos rios e igarapés, afluentes do rio Tocantins, praticamente inexplorados, mas com excelente potencial piscoso e com belíssimas paisagens.

23ª CIPM - Policia Militar

por Programa Interlegis — última modificação 23/05/2016 11h49
Instalada a na cidade a 23ª CIPM - Mais segurança para população.
23ª CIPM - Policia Militar

23ª CIPM

Novo Repartimento - PA

por Programa Interlegis — última modificação 23/05/2016 14h41
Novo Repartimento - PA

Trevo - Novo Repartimento

Novo Repartimento é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 04º19'50" sul e a uma longitude 49º47'47" oeste, estando a uma altitude de 0 metros. Sua população estimada em 2012 era de 65.106 habitantes. Possui uma área de 15464,19 km².

História

A origem do município de Novo Repartimento está relacionada à tribo indígena Parakanã, à construção da Rodovia Transamazônica e à construção da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. O nome Repartimento, segundo os historiadores, teve origem com os índios Parakanãs, os quais denominaram de Repartimento um rio que fazia a divisão de suas terras.

A vila de Repartimento foi a denominação dada ao local onde fixou-se a povoação oriunda do acampamento da empresa que construíu a Rodovia Transamazônica. O município surgiu a partir da mudança obrigatória da vila de Repartimento Velho, em decorrência da inundação daquela área pelas águas da represa da barragem da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. O município foi criado pela Lei 5.702, de 13 de dezembro de 1991. Foi desmembrado dos municípios de Tucuruí, Jacundá e Pacajá.

Igreja Evangelica Assembléia de DEUS - Templo Central

por Programa Interlegis — publicado 14/03/2017 16h26, última modificação 14/03/2017 16h26
Igreja Evangelica Assembléia de DEUS - Templo Central

TEMPLO CENTRAL DA ASSEMBLEIA DE DEUS

Igreja Assembleia de DEUS Missão em Novo Repartiemento - PA

Paróquia São Francisco de Assis

por Programa Interlegis — publicado 14/03/2017 16h30, última modificação 11/10/2017 15h31
Paróquia São Francisco de Assis

Igreja Matriz - São Francisco de Assis

Paróquia São Francisco de Assis - Novo Repartimento/Pa
HISTÓRICO DA PARÓQUIA SÃO FRANCISCO DE ASSIS
1- PREFÁCIO Temos a satisfação de apresentar um breve relato com resgates de histórias, testemunhos e lutas vividas por um povo que não se cansa de acreditar no Deus de Jesus Cristo. Esperamos que com este breve histórico da Paróquia de São Francisco de Assis, a Prelazia de Cametá do Tocantins tenha uma pequena porção do povo de Deus que vive e luta nesta Região Transamazônica onde os desafios e trabalhos são sempre grandes e árduos. Almejamos contribuir de alguma forma com o testemunho de luta, perseverança e esperança na caminhada desta Prelazia que este ano completa 50 (cinqüenta) anos de fé, conquistas e sonhos. 2 - UM POUCO DE NOSSA HISTÓRIA 2.1. RESGATE DA HISTÓRIA DO POVO REPARTIMENTENSE E COMUNIDADE DE 1970 A 1998. A vila do Velho Repartimento era localizada no Km 156 da Rodovia Transamazônica. Era uma pequena vila, pertencente ao município de Tucuruí, iniciada em torno do ano de 1970 com uma população de aproximadamente 400 (quatrocentas) famílias migrantes, principalmente do Nordeste e diversas outras regiões do País. Uma população “feliz”, religiosa, solidária, acolhedora e com bastante fartura. Repartimento foi uma das áreas destinadas ao reservatório da barragem de Tucuruí. No ano de 1978 a 1979, a Eletronorte conseguiu a desapropriação de toda a área e inicia-se um levantamento da localidade sem que as pessoas tomassem qualquer conhecimento do que estava acontecendo. O povo despreparado, sem conhecimento dos planos do Governo, sem conhecer seus próprios direitos, passam a ser pressionados pela Eletronorte. Esta ameaça obriga os colonos a receberem baixas indenizações, proibindo-os de realizar qualquer benfeitoria nas casas e plantações. O desespero dos colonos crescia à medida que tomavam consciência que teriam que sair da área inundável, que não podiam plantar e não havia plano de construção da nova vila para os moradores. Eles deviam receber lotes de 5,10 e até 3 alqueires em troca de seus lotes de até 21 alqueires, e em parte, bem cultivada com criação de animais e outras benfeitorias. Em 1981 a Prelazia de Cametá e Paróquia de São José de Tucuruí, através de seus sacerdotes, irmãs Filhas da Caridade e agentes de pastoral da área, levam o clamor desse povo ao Encontro Nacional sobre barragens promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) realizado no Nordeste, em Juazeiro da Bahia. Em setembro de 1982, se inicia a caminhada em busca dos direitos dos expropriados. Foi formada a Comissão dos expropriados da barragem, que contou com o apoio integral da CNBB, CRB, OAB, CPT, CONTAG, O CIMI e representantes das Paróquias da Prelazia de Cametá, onde trabalhavam os padres Lazaristas e as Filhas da Caridade, muitas famílias e o comércio de Tucuruí. Em janeiro de 1983 realizou-se o ato público de repúdio ao procedimento da Eletronorte e de reivindicações, precedidos por muitos outros movimentos reivindicatórios como: acampamento de resistência, caminhadas, assembleias, reuniões, negociações em Belém e na capital Federal - Brasília. Organização e união dos colonos, criação de sindicatos de oposição, os partidos de oposição também tomaram atitude de colaboração e participação na luta do povo, as entidades já mencionadas continuaram colaborando. A construção da nova vila denominada Novo Repartimento, para recolocação das famílias, entrega de novos lotes de 21 e de 10 alqueires, indenização em dinheiro pelo tempo que foram proibidos de cultivar e criar (mas nem todos receberam). 2.2. AÇÃO DA IGREJA CATÓLICA EM FAVOR DO POVO Neste período foi marcante a ação da Igreja através da Prelazia de Cametá e da Paróquia local, que abriu suas portas para as reuniões, assembleias, acampamentos, contratações de advogados etc. Além disso, os padres e as irmãs Filhas da Caridade ficaram permanentemente a serviço do povo: celebrações, assistência aos doentes, campanha de alimentação, medicamentos, água potável, encaminhamentos para os hospitais, assessoramento nas reivindicações, estudos baseados na bíblia-êxodo, apoio humano e moral às pessoas em crise, visitas a domicílio (praticamente todas as famílias foram visitadas). De 1990 a 1995, houve surto de insetos causados pelas águas da barragem, onde centenas de famílias abandonaram suas terras, outras acamparam na Vila permanente reivindicando local mais adequado. Após mais de ano de luta, a maioria desse pessoal foi remanejada para o Projeto de assentamento Rio Gelado e outras localidades. Atualmente há muitas famílias que não receberam nenhum benefício e ainda sofrem as conseqüências.
3- A ELEVAÇÃO DE CATEGORIA DA ÁREA PASTORAL A PARÓQUIA- 1998 Aos vinte dias do mês de dezembro do ano de 1998 na sede do município de Novo Repartimento, reuniram-se na Igreja de São Francisco de Assis para a administração do sacramento da Crisma e elevação à categoria de Paróquia a Área Pastoral de Novo Repartimento e nomeação e posse do pároco da nova paróquia os senhores: Dom José Elias Chaves, Pe. Pedro Gotardo Donatti, Pe. João Bonifácio dos Santos, muitos paroquianos, os crismandos, as irmãs filhas da Caridade residentes na cidade, representantes do Conselho Pastoral da área e representantes das Comunidades Cristãs do interior. O Bispo colocava que sentia uma alegria muito grande pois cumpria uma promessa feita ao povo e ao Conselho Pastoral a algum tempo atrás quando esteve na cidade para a apresentação do Pe. Bonifácio. Neste dia o povo, o conselho e as irmãs concretizaram um sonho de muitos anos. A área foi elevada à categoria de Paróquia, sendo nomeado pároco o Pe. João Bonifácio dos Santos que já a vinte e um meses estava trabalhando na área.
4- DA ESTRUTURA DA PARÓQUIA A Paróquia São Francisco de Assis possui uma estrutura simples que visa à organização e funcionabilidade da Paróquia e que tem por objetivo o serviço. A estrutura é formada por Conselho Administrativo, Conselho Pastoral Paroquial, Conselho Pastoral de Área, Secretaria Paroquial. No âmbito pastoral, a Paróquia está subdividida em áreas pastorais que possuem seus próprios conselhos, têm seus representantes no Conselho Pastoral Paroquial e são no total 07 áreas pastorais sendo elas: • Área Pastoral da Sede • Área Pastoral Maracajá • Área Pastoral Tuerê • Área Pastoral Pacajazinho • Área Pastoral Rio Gelado• Área Pastoral Parakanã • Área Pastoral Belo Monte 5- PADRES QUE TRABALHAM NA PARÓQUIA Atualmente temos apenas um padre trabalhando na Paróquia São Francisco de Assis, caso semelhante ao início desta Paróquia quando também na sua fundação apenas o Pe. João Bonifácio dos Santos ficou trabalhando, sendo visitado e ajudado vez ou outra pelos sacerdotes da Paróquia São José de Tucuruí. Hoje, apenas o Pe. Manoel Barbosa Araújo, da Congregação da Missão dos Padres Lazaristas, reside e trabalha na Paróquia, sendo que há poucos dias atrás o mesmo era ajudado pelo Pe. José Jerônimo de Medeiros, também da Congregação da Missão, sendo que este foi recém transferido para a Capital do Estado. 6- IRMÃS QUE TRABALHAM NA PARÓQUIA No atual momento da elaboração deste histórico, temos a presença de irmãs missionárias na Paróquia, onde as mesmas possuem uma casa na sede do município e muito tem contribuído nos trabalhos pastorais paroquiais e são elas: a Ir. Vitória Lima de Souza, Ir. Aduzinda e Ir. Zelinda Borges da Silva, sendo que muitas outras já passam por esta Paróquia e também muito colaboraram na estruturação físico, financeiro e pastoral.

CONCLUSÃO Na esperança de ter apresentado um relato verdadeiro e sucinto da história desta Paróquia que em dezembro próximo completará 04 (quatro) anos da sua fundação concluímos desejando à Prelazia de Cametá que tenhamos a felicidade de comemorar muitos outros 50 anos de fé, conquistas e sonhos.O padre, as irmãs, equipes de coordenações e todos os paroquianos se alegram com toda a Prelazia por saber que fazemos parte e também contribuímos dessa história de 50 anos.

Rebanho bovino de Novo Repartimento

por Programa Interlegis — publicado 14/03/2017 16h55, última modificação 11/10/2017 15h19
Rebanho bovino de Novo Repartimento

Rebanho de Gado

Tamanho do rebanho em Novo Repartimento - IBGE 2015

 

Bovino - efetivo dos rebanhos 930.123 Cabeças

Bubalino - efetivo dos rebanhos 1.000 Cabeças

 

Licenciamento do Prefeito Municipal

por Programa Interlegis — publicado 16/11/2017 11h33, última modificação 16/11/2017 11h33
Licenciamento do Prefeito Municipal do Cargo para tratamento médico
Licenciamento do Prefeito Municipal

Amizade e Alexandre

O prefeito de Novo Repartimento, Deusivaldo Silva Pimentel, anunciou na manhã desta terça-feira, 07/11, que vai se afastar do comando da prefeitura por 60 dias, para tratamento de saúde.

No período da licença médica, o vice-prefeito Dr. Alexandre Guimarães assume interinamente o comando da Prefeitura. O afastamento foi comunicado oficialmente por Alexandre à Câmara Municipal de Novo Repartimento, em Sessão Ordinária, com a presença dos novos secretários de Administração, Gestão e Planejamento e Assistência Social.  

O prefeito Amizade licenciado e o prefeito em exercício Dr. Alexandre, concederam entrevista ao Programa Repartimento Agora, Rádio Amazônia FM, ao meio-dia, em que também anunciaram sobre a decisão, e prestaram esclarecimentos à comunidade.

Amizade publicou uma mensagem aos cidadãos de Novo Repartimento, divulgada em seu perfil nas redes sociais, anunciando a licença médica, e falando de seu agradecimento pela solidariedade que vem recebendo da população e dos servidores municipais, do apoio recebido da família e de amigos. 

Sobre a condução da cidade, entregue ao agora prefeito em exercício Dr. Alexandre Guimarães, Amizade falou da tranquilidade por reconhecer em Alexandre um político de muito talento, competência e lealdade.

 

Confira a íntegra da mensagem enviada por Amizade: 
“Boa tarde meus amigos e amigas de Novo Repartimento. Informo a vocês que a partir de hoje, 07 de novembro de 2017, entro de licença médica por 60 dias, para tratar da minha saúde. Não há nada alarmante. Mas decidi por precaução, não sacrificar a minha saúde, a ponto de não terminar a missão de ajudar a construir um novo Município.

Com toda a minha família ao meu lado, minha esposa e meus quatro filhos, com meus amigos ao meu lado, delego toda a competência de governar Novo Repartimento ao vice-prefeito Dr. Alexandre Guimarães, com o espírito público e com a lealdade que ele tem. Que Deus o abençoe no comando do Município, e que faça nosso povo muito feliz.

Muito obrigado pelo apoio de todos! ”

 

Gabinete do Prefeito

Assessoria de Comunicação, 07 de novembro de 2017.

Prefeitura de Novo Repartimento – Trabalhando com Responsabilidade

Novembro AZUL

por Programa Interlegis — publicado 16/11/2017 11h42, última modificação 16/11/2017 11h42
Campanha Nacional do combate e tratamento do câncer de próstata
Novembro AZUL

Novembro AZUL

O Novembro Azul

 

Depois do Outubro Rosa, que alertou as mulheres sobre a prevenção do câncer de mama, o Novembro Azulvem com o intuito de conscientizar os homens da importância de cuidar da sua saúde, e o foco principal é o combate ao câncer de próstata.

 

Sobre o câncer de próstata

 

O agravante deste tipo de doença é que a sua origem ainda é desconhecida e o aparecimento de sintomas é bastante demorado, portanto, apenas os exames preventivos são as ferramentas para o sucesso do diagnóstico e do tratamento. Desse modo, torna-se crucial que os homens quebrem o preconceito com o exame de próstata e entendam que ele é a principal forma de diagnosticar essa doença, que hoje já é o câncer mais incidente entre os homens em todas as regiões do país, de acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer).

 

Cuidados com a Saúde do Homem

 

A recomendação do Ministério da Saúde é de que os exames preventivos sejam realizados anualmente por todos os homens a partir dos 50 anos, exceto em casos de fatores de risco, que são: obesidade, histórico familiar da doença e etnia negra, nestes casos, a prevenção deve ser iniciada aos 45 anos. Quando diagnosticado precocemente, o câncer de próstata tem 90% de chances de cura. Além disso, cuidar da saúde cada vez mais cedo com pequenas mudanças de hábitos, é importante. Uma alimentação equilibrada, aliada à prática de exercícios físicos regulares, ajuda a manter o organismo saudável e a evitar uma série de problemas de saúde. Sem esquecer-se de consultar o seu médico regularmente.

 

A prefeitura de Novo Repartimento apoia a campanha através de ações de conscientização da Secretaria de Saúde nas unidades de saúde e Hospital Municipal São Francisco.

Cuidar da saúde é fundamental. Por isso, conte conosco!

 

Assessoria de Comunicação, Saúde, 04 de novembro de 2017.

Prefeitura de Novo Repartimento – Trabalhando com Responsabilidade. 

Curso de Nivelamento sobre a Proteção Social Básica

por Programa Interlegis — publicado 16/11/2017 11h48, última modificação 16/11/2017 11h48
Curso de Nivelamento sobre a Proteção Social Básica
Curso de Nivelamento sobre a Proteção Social Básica

CURSO - AÇÃO SOCIAL

A Prefeitura por meio da Secretaria de Assistência Social realizou nessa terça-feira (24/10), o curso de Nivelamento sobre a Proteção Social Básica às equipes do CRAS - Centro de Referência de Assistência Social em Novo Repartimento.

O curso foi realizado no CRAS Vale do Sol, e foi ministrado pela Assistente Social, Edivânia Duarte, para as equipes técnicas que fazem parte da Proteção Social Básica.

 

Os assuntos abordados foram os serviços oferecidos nos CRAS, tais como:

- Acolhimento/atendimento

- Rede de proteção/fluxo

- PAIF/Acompanhamento familiar

Ações do documento